sexta-feira, 22 de agosto de 2014

"Reforços"


















Notícia retirada do site Lancenet:

"Vagner Mancini deve ter 'reforços' para o jogo contra a Chapecoense.

Wallyson e Yuri Mamute devem estar à disposição do técnico alvinegro". 

Palavras do comandante botafoguense:

"- Acredito que Wallyson vai estar à disposição. Yuri Mamute chega na sexta-feira e com certeza estará no jogo. São peças que têm que dar a resposta, mesmo que não estejam à altura de Emerson e Carlos Alberto".

É, amigos...
...quando Wallyson e Mamute são tratados como "reforços", é porque a coisa está feia.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

O mesmo critério para todos


















A grande surpresa do jogo contra o Figueirense foi a permanência do André Bahia na equipe titular e o Dória no banco de reservas.

O técnico Vagner Mancini falou sobre a escolha:

"- Eu tenho que ser justo. O André sempre entrou muito bem quando teve a oportunidade nos momentos em que o Dória esteve na Seleção. Dessa vez seria injusto tirá-lo depois de ter feito o jogo que fez contra o Fluminense. No jogo contra o Figueirense ele não teve erro algum. O jogador de futebol muitas vezes atravessa fases e pode recuperar seu espaço. Não tenho dúvidas de que o Dória vai ter outras oportunidades".

Meu comentário: Em relação ao Bahia, por mais que eu prefira o Dória, reconheço que o André atuou bem e não acho nenhum absurdo a troca. Quanto a isso, ok. Mas eu gostaria que o Mancini usasse o mesmo crítério de justiça e meritrocracia em relação, por exemplo, ao Cachito e Zeballos. Por mais que o Bolatti não seja da mesma posição, me desculpem, mas prefiro ele improvisado como terceiro homem de meio de campo do que esses dois estrangeiros sem sal.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Os novos "maestros"

















Postagem para dar uma descontraída (e criar certa polêmica)...

Amigos, eu juro que acompanhando Zeballos e Cachito (apáticos, lentos e displicentes) como nossos "homens de criação" no meio de campo, sinto saudade do Lucio Flavio, que tanto foi criticado justamente por essas "características".

Na boa, considerando os prós e contras dos três, o Botafogo encontrou dois jogadores (estrangeiros, ainda) mais irritantes que o "Pelé branco".

O que acham? Ou ainda esperam algo do paraguaio e peruano?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Faltou muita coisa

















O técnico Vagner Mancini falou sobre a derrota de ontem para o Figueirense:

"- Nosso principal erro foi ter sofrido o gol com um minuto e meio. Isso joga abaixo toda a estratégia. O Botafogo foi mais efetivo, jogou no campo do Figueirense os 90 minutos, teve oportunidades e não fez o gol. Mas quando sofre um gol desse, tem que mudar a forma de jogar. O time teve volume chegou à frente, mas de forma desordenada, sem aquela qualidade necessária. Uma coisa é ter volume, jogar no campo do adversário, outra é ter qualidade para fazer jogadas que levam ao gol. Nisso nós ficamos devendo. Entrega e determinação houve, assim como tem ocorrido em todas as partidas".

Eu diria mais: O erro foi ter permitido que o Figueirense passasse os primeiros dois minutos de jogo na frente da nossa área sem uma marcação forte e atenção. A questão não é o gol ter saído rápido, mas a maneira como o Botafogo se comportou de início. 

Além disso, desculpe, mas eu não vi esse volume, pressão e várias oportunidades criadas durante os 90 minutos. Juro que não vi.

Alguém viu?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Da euforia à depressão















Não tem jeito.

Esse time do Botafogo não inspira a menor confiança.

Quando a torcida se enche de moral e esperança após uma bela vitória diante do Unimed FC, logo vem a ducha d'água fria com uma derrota (0 a 1) para o Figueirense.

E não apenas pelo revés no placar, mas principalmente pela maneira como o time se comportou em campo.

Aliás, como o time NÃO se comportou em campo.

Faltou tudo: Atenção, arrumação, aplicação, disposição, padrão...

E só não perdemos demais porque o adversário é tão ruim quanto, aproveitando para marcar o gol que garantiu os três pontos no início da partida.

De resto, uma completa zona. Um festival de passes errados, lances bisonhos e completo desapontamento.

Realmente, o Botafogo de 2014 é algo para ser esquecido.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 1 Figueirense

1- Jefferson: Sem culpa no gol, ainda fez duas boas defesas - 6,0

2- Edilson: Má vontade e excesso de preciosismo - 4,0

3- André Bahia: Jogou sério - 5,5

4- Bolívar: Ruim e lento - 4,5

5- Aírton: Não se privou de lutar - 5,5

6- Junior Cesar: Só lances burocráticos - 4,0

7- Zeballos: Uma lástima completa - 4,0

8- Gabriel: Errou passes de meio metro durante todo o primeiro tempo - 4,0

9- Ferreyra: Perdeu um gol. De resto, não recebeu nenhuma bola - 4,5

10- Daniel: Não repetiu a boa atuação do domingo passado - 4,5

11- Cachito: Esse peruano é péssimo. Nem na Ponte Preta se firmou. E vem ser titular do Botafogo... - 4,0

12- Gegê: Pelo menos buscou jogou - 5,0

13- Rogério: Quem se responsabiliza por mais essa contratação vergonhosa? - 3,5

14- Bolatti: Poucos minutos em campo - Sem nota

Vagner Mancini: Demorou muito para colocar o Bolatti em campo. Também não justifica o excesso de oportunidades dadas ao Zeballos e Cachito - 4,0

Para continuar a recuperação



















Depois da boa vitória no clássico contra o Unimed FC no domingo passado, o Botafogo tem mais uma pedreira pela frente: O Figueirense, em Florianópolis.

Por mais que a posição do adversário na tabela seja desconfortável, eles sempre são chatos quando atuam em casa.

Mas o Botafogo precisa de uma sequência de bons resultados para continuar se afastando da Z4. Para isso, está na hora de vencer aqueles jogos chamados de "seis pontos".

E hoje é um desses.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Nas mãos do presidente



















As torcidas organizadas do Botafogo se uniram e enviaram uma carta ao presidente Mauricio Assumpção (clique aqui).

No documento, o pedido por preços promocionais no próximo sábado, quando o GLORIOSO receberá a Chapecoense, no Maracanã.

É hora do mandatário alvinegro deixar aquela sua teoria ridícula de que "promoção não paga espetáculo" e fazer o mínimo: Ingressos baratos para um estádio cheio e comunhão entre time e torcida.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Entradas e saídas

















O Botafogo vai até Florianópolis encarar o Figueirense, amanhã.

Para esse jogo, é possível que o técnico Vagner Mancini tenha mais três opções para montar o time: Dória, Emerson e Carlos Alberto devem viajar e encontrar com o restante do elenco em Santa Catarina.

No caso do Sheik, tudo depende do efeito suspensivo que o Botafogo está tentando junto ao STJD.

Vamos tratar de hipóteses e palpites: Vocês promoveriam os três retornos? Quem sairia para a entrada dos citados?

Eu tiraria o André Bahia e Cachito Ramírez para as entradas do Dória e Emerson. De resto, manteria o time. 

Já o Carlos Alberto, nem faria questão da sua viagem para Floripa.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Caminho traçado na CB




















Foi realizado o sorteio das fases finais da Copa do Brasil.

O Botafogo enfrentará o Ceará nas oitavas.

Confronto difícil. Vi os dois jogos dos cearenses contra o Internacional e mostraram um time bem arrumadinho.

De todo modo, somos favoritos e, com todo respeito ao adversário, precisamos passar de fase.

E se passarmos, aí é capaz de ficar ainda mais complicado: Grêmio ou Santos.

Mas isso é Copa do Brasil, né?

Pra cima deles.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Ganhou pontos
























Análise do técnico Vagner Mancini, sobre a vitória de 2 a 0 no Unimed FC:

"- Ferreyra é um exemplo de que um atleta não pode de maneira alguma desanimar e mostrar de que forma pode ajudar. Ele teve papel fundamental, além de dividir todas as bolas no alto e ajudar na parte defensiva, fez a jogada do primeiro gol. O time teve mais a bola na frente, teve mais presença de área e obviamente que o técnico está enxergando isso, ele passa a ser mais uma peça interessante no nosso ataque"

Meu comentário: Mancini, basta efetivar o argentino de vez. Aliás, era o que a maioria da torcida pedia "desde sempre"...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 17 de agosto de 2014

Uma boa respirada na tabela
















E na semana em que o assunto "salários atrasados" parece ter se "resolvido", o Botafogo voltou a vencer.

Na noite deste domingo, três pontos conquistados sobre o sempre inexpressivo e pequeno Unimed FC (2 a 0 - Daniel e Zeballos).

Dentro das suas limitações, o Botafogo soube administrar a partida do primeiro ao último minuto, pois tirando a pressão final dos tricolores, em momento algum fomos assustados.

Em compensação, mesmo também criando pouco, levamos mais perigo à meta do time de terceira divisão.

Por duas vezes, inclusive, a "bola final" sobrou para um jogador (Gabriel) que não tem qualquer cacoete de finalização. Caso contrário, poderíamos ter fechado o domingo com uma goleada.

Mas é o que menos importa hoje.

O importante era vencer, subir na tabela e melhorar o astral em General Severiano.

Fizemos as três coisas...
...com um "plus" de que o GLORIOSO até ter se comportado bem, sem medo de um adversário tecnicamente superior.

Agora é manter a postura e tentar uma sequência que nos permita respirar aliviados por mais tempo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 0 Unimed FC

1- Jefferson: Seguro em todos os lances - 7,0

2- Edilson: Uma partida regular - 5,5

3- Bolívar: Discreto, mas eficiente - 5,5

4- André Bahia: Jogou sério - 5,5

5- Aírton: No seu limite (técnico e físico), correu e brigou - 5,5

6- Junior Cesar: Ainda pode ser mais incisivo no ataque - 5,0

7- Zeballos: Começou buscando jogo e depois cansou - 5,0

8- Gabriel: Vários erros de passe, mas talvez tenha sido o mais brigador do meio de campo - 5,5

9- Ferreyra: Lutou, voltou, correu e deu assistência. É limitado, mas em minha opinião não pode ser reserva com esse elenco - 6,0

10- Cachito Ramírez: Sumidão, não me convenceu - 4,5

11- Daniel: O mais incisivo da linha de frente. Criou jogadas, partiu para cima e fez um belo gol - 7,0

12- Bolatti: Entrou para segurar o jogo - 5,0

13- Julio Cesar: Nada acrescentou - 5,0

14- Rogério: Igual ao Julio Cesar - 5,0

Vagner Mancini: Recuou demais o time na primeira substituição. De resto, fez o que tinha ao seu alcance - 5,5

Concentração total apenas no campo de jogo



















Botafogo e Unimed FC se enfrentam hoje a noite, no Mané Garrincha, em Brasilia.

Time por time, é inegável: O time de "terceirona" atualmente tem mais qualidade técnica. 

Além disso, é quem está brigando na parte de cima da tabela.

Mas apesar disso, não nos esqueçamos, por exemplo, o campeonato estadual no início do ano, quando, mesmo com uma equipe reserva, vencemos os tricolores por 3 a 0.

Já diz a máxima: Clássico é clássico e tudo pode acontecer.

E o Botafogo precisa vencer de qualquer jeito. Principalmente agora que, ao que parece, o assunto dos salários atrasados está "resolvido".

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!