terça-feira, 30 de setembro de 2014

Debochando da torcida

















O atacante Zeballos é o artilheiro do Botafogo na temporada. 

Mesmo assim, é um dos mais criticados pela torcida. Com razão, devido a sua lentidão e falta de vontade, explosão. Chega a demonstrar certa indiferença durante as partidas. E para quem foi contratado com "status" de grande jogador, o custo benefício tem sido péssimo.

Mas não é que o técnico Vagner Mancini pensa diferente de quase toda a torcida alvinegra?

"- Zeballos é um atleta que precisa estar bem no jogo, se não será vaiado. Não é um jogador rápido, se expõe e tenta as jogadas mais difíceis. Não vai fazer o que o torcedor que, porque não é característica dele. É uma peça importante para mim. Tenho que utilizar o jogador. Não posso tirar por causa de vaias. Temos que contar com todas as nossas forças, os atletas têm ajudado".

Pô, não vai fazer o que a torcida quer?

Só queremos raça, suor, cara feia...
...se o cara não pode dar isso durante os 90 minutos, nada explica a sua escalação.

Quero dizer: Em um clube sério seria assim.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Quatro jogos

















O STJD julgou as expulsões do Julio Cesar, Ramírez e Emerson Sheik no jogo contra o Bahia.

O peruano pegou apenas uma partida de gancho (já cumprida) e está liberado.

Já o lateral e o atacante, foram punidos com quatro jogos. Assim, ficarão de fora dos confrontos contra Vitória, Palmeiras e Corinthians.

Nada que esteja ruim e não possa piorar.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Uma diretoria muito "ocupada"


















Quando seguia para o vestiário - após a derrota de ontem -, o goleiro Jefferson falou sobre a situação do Botafogo:

"- Os jogadores estão fazendo o que podem. Temos que assumir a responsabilidade, é uma situação difícil pela qual estamos passando. Tem que absorver essa derrota, mas é difícil. Os jogadores estão tentando, a situação no Botafogo não é boa, mas tem que levantar a cabela, não pode baixar a guarda. Temos que nos fechar. Futebol é feito de cobranças, da diretoria, comissão técnica, jogadores… Mas estamos sozinhos nessa: torcida, comissão técnica e jogadores".

Em seguida, o repórter perguntou se o elenco se sente abandonado pela diretoria. Foi quando o camisa 1 reforçou:

"- Repito: torcida, comissão técnica e jogadores. Mesmo sem apoio da diretoria, vamos lutar até o fim".

A diretoria deve estar fechando novos "super patrocínios" e naming rights. Ou quem sabe, finalizando as obras de Marechal Hermes, né? Ou, de repente, assinando o contrato para liberação daquele fundo de R$30 milhões prometidos em 2009, lembram? Mas pode ser que ela esteja fora do país negociando as chegadas do Diego, Drogba, RG10 e outros craques.

Esses jogadores (e torcedores) reclamam demais, pô!

Não entendem o significado de "gestão moderna e profissional".


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Um time a ser esquecido

















Palavras do apoiador Carlos Alberto, após a derrota para o Grêmio:

"- Numa bobeira nossa tomamos o primeiro gol. A equipe lutou, tentou, mas o Grêmio foi melhor, não tem muito o que falar. Tem que dar os méritos quando uma equipe é muito superior à outra".

Realmente não tem o que ser falado. Era uma equipe profissional contra peladeiros. Um time adulto contra crianças indefesas.

Meus amigos, sou de 1979 e afirmo sem pensar duas vezes: Esse Botafogo de 2014 é um dos três piores que já vi jogar.

Tivemos elencos tecnicamente inferiores, mas poucas vezes vi tanta apatia, limitação, falta de princípios básicos, noção de espaço, tempo de bola, etc.

Temos um único jogador de nível diferenciado.

Os demais, refugos (de equipes de segunda linha) e/ou atletas em visível final de carreira.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 28 de setembro de 2014

Flertando (cada vez mais) com a segundona

















O Botafogo de 2014 é constrangedor.

O Botafogo de 2014 é vergonhoso.

O Botafogo de 2014 é triste.

E mesmo quando venceu (que aliás, foram poucas vezes na temporada), jamais convenceu.

A rotina tem sido de derrotas, fracassos e vexames.

Hoje não foi diferente. 

Em pleno Maracanã, derrota de 0 a 2 para o Grêmio, que só não goleou porque não quis jogar para valer e porque temos o Jefferson. Caso contrário, seria um massacre no placar, já que em todos os números da partida, os gaúchos foram infinitamente superiores.

Parecia um time de adultos contra uma equipe de crianças sem qualquer afinidade com a bola e noção de espaço.

Pior que o Botafogo atual é exatamente assim.

Desculpem a minha franqueza, mas estou cada vez mais preparado para assistir jogos às terças, sextas e sábados no ano que vem.

A derrota de hoje foi só mais um sinal de que a situação está se tornando irreversível.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 2 Grêmio

1- Jefferson: Evitou uma derrota maior - 6,5

2- Dankler: Um pereba por natureza - 4,0

3- André Bahia: Não esteve bem - 4,5

4- Bolívar: Mal a beça também - 4,5

5- Aírton: Perdido no meio de vários tricolores - 5,0

6- Julio Cesar: Uma nulidade completa - 3,0

7- Rogério: Não pode ser levado a sério - 3,5

8- Gabriel: Falha grosseira no segundo gol - 4,5

9- Emerson: Jogado no meio de vários perebas - 4,5

10- Ramírez: O pior "camisa 10" de um time da série A - 3,5

11- Zeballos: Mosca morta, inofensivo e chupa-sangue - 3,0

12- Carlos Alberto: A "esperança" de alguns torcedores. Nada fez - 4,0

13- Wallyson: Tão ruim quanto todos os outros - 3,5

14- Ferreyra: Não viu a bola - 3,5

Vagner Mancini: Peca em manter algumas peças e não testar uma outra forma da equipe atuar (como time pequeno mesmo, jogando fechada) - 3,5

Para continuar respirando



















Hoje a tarefa será complicada.

Enfrentar o Grêmio, mesmo no Maraca, é sempre chato.

Os caras estão muito bem na tabela e com um elenco com mais opções do que o Botafogo.

Só que continuamos precisando "única e exclusivamente" dos três pontos. Portanto, terá que ser na base da superação, transpiração.

E fazer valer o mando de campo, seja com 1 ou 10 mil botafoguenses.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 27 de setembro de 2014

Contratações no desespero



















Notícia retirada do site Lancenet:

"Botafogo perto de anunciar contratação de lateral direito de time da Série B.

Apenas com um jogador da posição em seu elenco, clube acerta com Régis, de 25 anos, que estava na Portuguesa".  

Meu comentário 1:
Alguém conhece? 25 anos e nunca ninguém ouviu falar... 

Meu comentário 2:
Vale destacar que a Lusa está na Z4 da segunda divisão.

Meu comentário 3:
Faltando dois meses para terminar a temporada, não seria melhor (inclusive financeiramente) esperar - e investir - no retorno do Gilberto? Já fomos até agora sem substitutos para o Edilson, que não acho que valha a pena mais uma aposta.

Meu comentário 4:
E o que será feito com o Alex e Lennon, que também foram apostas para a lateral direita e que hoje não fazem nada, além de onerar a folha mensal?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Tirado na última hora


















A grande expectativa que rondava o jogo de ontem, era sobre o possível retorno do atacante Jobson com a camisa do Botafogo.

Esperava-se que ele começaria o confronto contra o Goiás entre os reservas, mas 15 minutos antes da bola rolar, o clube foi informado pela CBF de que seria melhor tirar o Jobson da lista de opções.

Parece que ele está suspenso por ter se recusado a realizar exames antidoping em três ocasiões durante a sua passagem pelo futebol da Arábia Saudita.

Será que é verdade? Mesmo se for, acredito que essa pena é reversível...
...só fico com a pulga atrás da orelha tentando imaginar os motivos das recusas do Jobson.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Discreto





















E depois de longo tempo "curtindo" o departamento médico, o Carlos Alberto voltou aos campos na vitória sobre o Goiás.

Teve aproximadamente 15 minutos para mostrar algo, mas pouco fez. Aliás, não lembro de nenhum lance que mereça destaque.

Não tem jeito, eu infelizmente não acredito nesta "redenção". 

Mesmo que a concorrência (?) seja com os fraquíssimos Ramírez, Zeballos e Wallyson. 

Aliás, se você fosse o Vagner Mancini, efetivaria o CA entre os titulares? Se sim, no lugar de qual dos três citados? Ou de outro jogador?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Voltamos a vencer
















O Botafogo derrotou o Goiás por 1 a 0 (Bolívar) e terminou a rodada fora da temida Z4.

Não foi uma partida bonita de se ver, mas o que importa? Precisávamos apenas dos 3 pontos. E conseguimos.

Com direito a pênalti desperdiçado - quando o placar ainda estava 0 a 0 - só para aumentar o drama, em meio à tantos passes errados, chutões para frente e vários jogadores que jamais poderiam vestir a camisa de um clube como o Botafogo.

Mas enfim...
...novos tempos.

Ao menos conseguimos encontrar um gol, após escanteio e que o Bolívar, posicionado como atacante, desviou para a rede.

Do gol até o fim, sem tantos sustos para as duas equipes.

Foi questão de administrar o resultado e torcer desesperadamente pelo apito final do árbitro.

Agora, no domingo, um jogo que certamente será mais difícil: Grêmio. Mesmo no Maracanã, serão mais 90 minutos de coração saindo pela boca, afinal, um tropeço pode nos fazer voltar à degola. Então, que surja mais alguma cabecinha (ou pé, barriga, canela...) perdida para garantir qualquer 1 a 0 novamente.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 0 Goiás

1- Jefferson: Sem trabalhos - 5,0

2- Dankler: Falta futebol, mas ao menos se apresentou e tentou ajudar - 5,0

3- André Bahia: Partida séria - 5,5

4- Bolívar: Foi importante no final, quando aliviou várias jogadas (além do gol da vitória) - 5,5

5- Aírton: Disposição - 5,5

6- Julio Cesar: Apenas burocrático - 4,5

7- Zeballos: Não consegue correr e/ou incomodar - 4,0

8- Gabriel: O mais participativo e dinâmico do time - 6,0

9- Emerson: Começou buscando jogo, mas depois cansou. Ainda perdeu o pênalti que poderia nos custar caro - 5,0

10- Ramírez: Outra "mosca morta" que nada acrescenta - 4,0

11- Wallyson: Completa o péssimo trio de frente (com exceção do Sheik) - 4,0

12- Fabiano: Entrou para cercar o adversário - 4,5

13- Carlos Alberto: Pouco acrescentou - 4,5

14- Junior Cesar: Poucos minutos em campo - Sem nota

Vagner Mancini: Demorou um pouco para trocar a equipe - 5,0

Só a vitória interessa



















Botafogo e Goiás se enfrentam hoje a noite no Maracanã.

Um adversário que geralmente nos complica a vida, jogando dentro ou fora do Rio de Janeiro.

Para piorar, o GLORIOSO atravessa uma fase horrível e só uma vitória mantém o clube fora da Z4.

Qualquer outro resultado...

Confesso estar bastante preocupado...
...mas botafoguense é assim mesmo, né?


Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Nosso estilo de jogo



















O zagueiro André Bahia falou sobre o difícil jogo de amanhã:

"- Temos que melhorar bastante e evitar tomar gols. Temos que concluir melhor as finalizações. Mais dedicação e atenção contra uma equipe que está no meio da tabela, mas que oscila bastante. Vai ser jogo franco, eles vêm confiantes e abertos. Sabemos do nosso estilo de jogo, para conseguir três pontos no Maracanã".

É, eu também sei do estilo de jogo do atual Botafogo: Jefferson iluminado no gol e "seja o que Deus quiser" da nossa área até a meta adversária.

O jeito é entrar em campo sem se expor e aproveitar as raras oportunidades criadas.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!