sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Cavadinha






















"- Acho que o Botafogo vai nos procurar para renovar, mas ainda não houve um contato. Existem dois fortes concorrentes no Brasil interessados no Álvaro para 2016".

As palavras acima são do Gerardo Cano, empresário do atacante Navarro.

Típica cavada de empresário, louco para aproveitar ($) o momento. Principalmente após os três gols do seu jogador na última terça-feira.

O Navarro tem contrato até o final do ano e espero que o Botafogo saiba administrar bem a situação e não caia na lábia do empresário e nem se precipite, afinal, até agora o saldo do uruguaio é positivo, mas não podemos esquecer que foram pouquíssimos jogos disputados com a camisa do GLORIOSO.

Vamos aguardar - e torcer - um pouco mais para uma avaliação melhor do futebol do camisa 9, visando a próxima temporada.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Ausência e tanto

















Três jogadores foram substituídos antes do apito final na vitória da última terça-feira, sobre o Atlético/GO: Elvis, Carleto e Neilton.

Todos, com problemas musculares/contusões.

Parece que dos três, o Elvis é o único que não preocupa para o jogo de sábado, contra o Vitória, em Salvador.

O técnico Ricardo Gomes falou sobre as situações dos outros dois:

"- O Neilton eu acho difícil jogar. E o Carleto vamos esperar. Não é uma ruptura muscular, mas não é a primeira vez que ele sentiu essa dor".

Não lamento uma possível ausência do Carleto, mas o Neilton...
...putz, será uma baixa considerável.  

Por isso eu achei que quando ele foi substituído pelo Fernandes, o Ricardo Gomes deveria ter colocado o Luis Henrique em campo. A vitória já estava garantida e seriam minutos interessantes para observarmos os dois atacantes atuando juntos.

Aliás, na vaga do Neilton, eu entraria com o LH ao lado do Navarro.

Na esquerda, começaria com o Giaretta improvisado.

E você?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Ainda pode melhorar mais

















O técnico Ricardo Gomes avaliou a boa vitória do Botafogo sobre o Atlético/GO:

"- Fomos bem. Do início ao fim. Contra o Paysandu, o setor defensivo faltou uma maior consistência. Hoje a defesa, meio e ataque foram bem. Foi o melhor jogo. Contra um adversário que estava há 8 jogos invicto. Do início ao fim, tivemos o domínio, marcando pressão, por vezes mais atrás, mas sempre com o domínio do jogo".

Concordo que foi a melhor partida do GLORIOSO. Quanto a isso, parabéns ao Ricardo e seus comandados. Mas eu sinceramente espero que ele não credite apenas à troca do Giaretta pelo Roger e/ou a entrada do Tomas. 

Em minha opinião, o mais importante é refletir que o adversário não ofereceu perigos e cedeu muito espaço. De todo modo, a atitude da equipe precisa ser sempre a que foi demonstrada na noite de ontem. 

Principalmente para o próximo jogo, contra um time mais forte, melhor colocado na tabela, e lá na casa deles.

Eu ainda acho que com Serginho no meio não dá. 

E torço para que as contusões do Neilton e Elvis não tenham sido graves.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Líder novamente

















Depois de duas derrotas seguidas, o Botafogo, enfim, voltou a vencer no campeonato brasileiro.

Goleada de 4 a 0 (Willian Arão e 3 gols do Navarro) sobre o fraco Atlético/GO.

Três pontos que permitiram o GLORIOSO reassumir a liderança.

E com direito a bons 90 minutos.

Não foram mágicos, mas pelo menos dessa vez não passamos sustos. E até que o time demonstrou mais aplicação e jogadas trabalhadas.

Me arrisco a dizer que foi a melhor partida botafoguense no campeonato. Se não foi a melhor, certamente uma das três. Só que essa foi tranquila, apesar de ainda apresentarmos deficiências e carências.

Vitória para resgatar a moral e confiança. E também para motivar o elenco, que no próximo sábado terá o desafio mais difícil dessa segundona: Encarar o Vitória, em Salvador. Confronto de líder contra vice líder.

Atuando como hoje e se resguardando um pouco mais na parte defensiva, podemos viajar para a Bahia e voltar ainda mais isolados na tabela.

Hoje valeu (e muito)!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 4 x 0 Atlético/GO

1- Helton Leite: Nas bolas que chegou, não teve problemas - 5,5

2- Luis Ricardo: Sempre exagera no último toque - 5,5

3- Renan Fonseca: Tirando os chutões de sempre, não comprometeu - 5,5

4- Roger Carvalho: Voltou bem ao time - 5,5

5- Serginho: É muito limitado. Marca mal e não sabe sair jogando - 4,0

6- Carleto: Por incrível que pareça, nem esteve mal até sair machucado - 5,5

7- Neilton: Discreto e atrapalhou dois ataques - 4,0

8- Willian Arão: Regular durante os 90 minutos - 6,5

9- Navarro: Homem do jogo. Três gols e uma linda assistência - 9,0

10- Tomas: Melhorou um pouco no segundo tempo - 5,5

11- Elvis: Vinha bem até sair no intervalo - 6,0

12- Jean: Não comprometeu - 5,0

13- Diego Jardel: Só ciscou sem objetividade - 5,0

14- Fernandes: Entrou com a fatura liquidada - 5,0

Ricardo Gomes: Ainda acho que não foi bem na escalação inicial e substituições, mas ao menos conseguiu fazer o time atuar mais aplicado - 5,0

Se manter ou sair do G4



















Se tivesse sido competente, o Botafogo já poderia estar com uns nove ou dez pontos de vantagem para o segundo colocado da série B. O acesso à primeirona já estaria praticamente garantido com quase um turno inteiro para ser disputado.

Mas não, com erros, medo e falta de vontade, o time é o terceiro, mas com apenas cinco pontos de vantagem para o oitavo. Ou seja: Um descuido pode tirar o GLORIOSO não apenas do G4, mas colocá-lo - em breve - quase no meio da tabela. 

E hoje a noite o Botafogo recebe o Atlético/GO com essa obrigação: Vencer a qualquer custo, se quiser continuar entre os primeiros. 

Considerando o viés de baixa e o péssimo futebol da equipe, eu confesso estar bastante preocupado. Até porque, a torcida desistiu de apoiar e receber fracassos como "recompensa". A previsão de público no Estádio Nilton Santos é bem pequena.

Pouco importa. Agora é com os jogadores. 

Vencer ou vencer. Sem direito a outro resultado.

Cobraremos.

Para cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Para boi dormir
















Notícia retirada do site ExtraOnline (clique aqui para ler na íntegra):

"Auditoria externa nas contas do Botafogo para em ‘barreiras’, e Conselho Fiscal do clube inicia apuração própria".

Pontos e curiosidades sobre a referida reportagem:

1- A auditoria externa foi um dos pilares (promessas) de campanha do presidente CEP na última eleição.

2- Estranho nenhuma empresa de auditoria querer "pegar" o trabalho.

3- Dizem que o preço aproximado giraria na casa dos R$700 mil. Se for verdade, teria sido um investimento muito melhor e mais importante do que gastar mensalmente alguns milhares com Tássio, Camacho, Tomás, Lulinha, Serginho e tantos outros. Com três ou quatro meses de salários desses citados, já teríamos contratado uma empresa séria para colocar a situação do clube em panos limpos.

4- Considerando os meandros, eternos cardeais envolvidos e a política suja nas internas de General Severiano, alguém realmente acredita em auditoria interna?

É, presidente...
...nessa você mandou mal e deve muitas explicações.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 30 de agosto de 2015

Nada mudará...



















Cinco gols sofridos nas duas últimas rodadas.

Com todo respeito aos adversários, mas se trata de uma marca vergonhosa para o Botafogo em uma série B.

E apesar de ainda ter umas das defesas menos vazadas da competição, não tem jeito: A torcida não confia e não gosta dos - considerados - titulares absolutos do setor. E mais: O GLORIOSO só não sofreu mais gols por conta de vários milagres do Jefferson.

Mesmo assim, após a derrota para o CRB, as palavras do técnico Ricardo Gomes parecem não dar sinais de que haverá mudanças para o jogo da próxima terça-feira, contra o Atlético/GO:

"- Isso tem que automatizar e, enquanto não acontece, pode nos penalizar. Já aconteceu por duas vezes, contra o Paysandu e hoje (sexta). Vamos lá, trabalhando, mas o calendário é apertado. Vamos corrigir mais na conversa do que no treinamento".

Bom, depois não vale reclamar, lamentar ou cobrar presença e apoio da torcida, ok?

Faça alguma coisa, presidente CEP!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 29 de agosto de 2015

Capitão!!!

















Palavras do zagueiro Renan Fonseca, após a derrota para o CRB:

"- Estamos fazendo as coisas certas, o professor (Ricardo Gomes) está colocando a filosofia dele, pede, mas não está dando certo. É ajustar para conseguir o acesso. Não tem moleza, é jogo atrás de jogo. O Botafogo tem pressa, principalmente a torcida. É colocar a cabeça no travesseiro e ver o que tem de melhorar. Não pode acontecer o que está acontecendo".

"Fazem o certo que não dá certo!?"

E eu pensava que já tinha visto de tudo no Botafogo...

Não bastasse ser considerado titular mais do que absoluto, ontem tivemos o privilégio (?) de ver o Renan Fonseca como capitão da equipe.

Será que não rola dele colocar a cabeça no travesseiro, dormir e só acordar no final de dezembro?

Aliás, ele e mais uns seis ou sete companheiros.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Falta vergonha na cara















O Botafogo atual não é apenas ruim. É indolente, preguiçoso, indiferente.

Hoje, mais uma oportunidade de assumir a ponta da tabela. Todos os adversários que disputam a cabeça perderam pontos, mas o que o Botafogo faz?

Novamente fracassa.

Derrota de 2 a 1 (Neilton) para o fraco CRB.

Não deixarei de torcer (lógico), mas começo a questionar se merecemos mesmo o acesso. Todo mundo fazendo de tudo para nos ajudar e nós seguimos falhando e tropeçando nas próprias pernas de maneira vergonhosa e indesculpável.

A derrota desta sexta-feira foi aquela com sabor de sempre: Raiva.

Raiva de ver tantos atletas ruins mal escalados, de chutões, criatividade zero, incapacidade de troca de três ou quatro passes seguidos... Enfim, raiva de tudo. Mas principalmente da indiferença apresentada por esses jogadores. 

Sobre o jogo, prefiro deixar o espaço aberto para os amigos, já que sigo xingando todos esses caras que fizeram eu perder outro final de semana de maneira antecipada. Nisso eles são "craques".


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 2 CRB

1- Helton Leite: Sem culpa, ainda fez duas boas defesas - 5,5

2- Luis Ricardo: Acha que joga uma bola que nem de longe tem - 3,5

3- Renan Fonseca: Não tem futebol para Botafogo. Nem para ser jogador profissional - 4,0

4- Giaretta: Mal a beça - 4,5

5- Serginho: O cara não consegue andar e pensar ao mesmo tempo. Péssimo - 3,5

6- Carleto: Continua a mesma coisa de sempre, irritando do início ao fim - 4,0

7- Neilton: O único com talento e que correu para valer - 5,5

8- Willian Arão: Está com a cabeça bem longe de General Severiano. Então que saia logo - 4,0

9- Navarro: Duas boas cabeçadas e só - 4,5

10- Daniel Carvalho: Nulo - 3,5

11- Elvis: Péssimo - 4,0

12- Sassá: Um show de horrores com a bola - 4,0

13- Diego: Entrou com o time completamente perdido - 4,0

14- Diego Jardel: O jogo pedia vibração e ele entrou com o sono habitual - 4,0

Ricardo Gomes: Errou no início, meio e fim - 2,5

Recuperar três pontos
















Depois da decepcionante derrota em casa para o Paysandu, o Botafogo agora precisa recuperar os pontos perdidos jogando fora do Rio de Janeiro.

Hoje a noite enfrenta o CRB, em Maceió.

Teoricamente, um time que não é dos mais fortes. O problema é que o Botafogo nessa série B tem passado as maiores dificuldades justamente contra esses adversários.

O fato é que hoje não podemos ter qualquer resultado que não seja a vitória.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Técnica x físico


















O apoiador Daniel Carvalho tem vivido de altos e baixos no Botafogo.

Ninguém discute que se trata do jogador (de linha) mais técnico e talentoso do elenco, mas o problema do jogador é a parte física.

E isso vem desde que retornou ao futebol brasileiro, alguns anos atrás.

Em General Severiano não é diferente. Ele alterna partidas em que é decisivo com outras que afunda o time. No domingo passado, contra o Paysandu, apesar do gol, teve inúmeros passes errados.

Sobre a sua condição atlética, o Daniel falou:

"- Minha parte física vai ser sempre discutida dependendo do resultado. Se tiver vitória, ninguém vai lembrar. Mas se perder ou empatar, a primeira coisa que vão falar é sobre meu peso. Futebol é resultado, e posso dizer que estou 100% apto a jogar uma partida inteira, como no último jogo. É só vencer, que aí ninguém vai lembrar da parte física".

Eu não sei de quem ele está falando, pois mesmo nas vitórias - após comemorarmos boas atuações do Daniel -, sempre lamento o fato dele não estar fininho, pois ajudaria muito mais o Botafogo.  Além disso, é visível: Não está em forma e nem tem condições de atuar por 90 minutos.

Seria legal alguém do departamento médico e/ou preparação física falar a verdade e a exata condição do Daniel, né? Sem esconder nada. Pelo menos saberíamos até onde podemos esperar e cobrar do camisa 10.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O de sempre


















Palavras do Diego Giaretta, sobre a derrota para o Paysandu e os próximos compromissos do Botafogo:

"– Se sofremos gols, temos que prestar atenção no que erramos, ter aquela atenção de sempre. Vamos enfrentar adversários complicados, mas temos que voltar a ser o Botafogo de sempre, pois o nosso time não costuma cometer esses erros".

Discordo.

O GLORIOSO de sempre - em 2015 - tem sido exatamente esse. Um time que comete erros infantis e não consegue ter facilidade contra nenhum adversário. Até mesmo nas vitórias.

Enquanto alguns jogadores continuarem no time titular, não podemos esperar muitas melhorias. 

É triste, mas é fato.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!